Camara-e.net propõe debate sobre armazenamento de dados na internet

A Camara-e.net está atenta às iniciativas legislativas, em especial, à recente proposta de mudança do marco civil da internet que busca, em tese, minimizar os riscos relacionados à espionagem digital. A entidade defende a discussão junto à sociedade da proposta de alteração trazida pelo governo brasileiro e anunciada pelo relator do projeto na Câmara dos Deputados, exigindo que os dados de usuários brasileiros sejam obrigatoriamente armazenados no Brasil.

A Camara-e.net propõe o debate amplo da proposta, que pode trazer restrições para o futuro do modelo de crescimento e neutralidade da indústria de internet no Brasil, bem como para o livre exercício das liberdades fundamentais de livre expressão e de informação aos cidadãos brasileiros.

A internet tem natureza global e a essa característica estão atrelados a inovação, os novos empreendimentos, investimentos e o desenvolvimento da internet no Brasil. O armazenamento mandatório de dados de usuários brasileiros no Brasil pode impactar em altos custos e na criação de um gargalo tecnológico. O fluxo de informações na internet, a implementação de data centers e o armazenamento de dados em várias partes do planeta não obedecem a critérios políticos e territoriais, mas sim a questões técnicas, mensuradas a partir da disponibilidade de infraestrutura e da eficiência no tráfego dos pacotes de dados pela rede.

A Camara-e.net e seus associados estão comprometidos e dispostos a trabalhar com o governo brasileiro de maneira colaborativa para que possamos encontrar soluções adequadas à proteção dos direitos dos cidadãos e aprovar um marco civil que nasceu, foi debatido e construído democraticamente, com os méritos do equilíbrio e de uma internet livre e inovadora.

Sobre a Câmara-e.net – Fundada em 2001, a Camara-e.net é a principal entidade brasileira multissetorial da América Latina e de maior representatividade da economia digital no País, formando consenso no setor perante os principais agentes públicos e privados, nacionais e internacionais e promovendo o desenvolvimento dos negócios on-line no Brasil. Conta com mais de 100 associados, dentre todas as empresas do e-commerce, infraestrutura, mídias sociais, chaves públicas, meios de pagamento, compras coletivas, seguros e e-banking.

Marcado , , .Adicionar aos favoritos o permalink.

Os comentários estão encerrados.