Crescimento do mobile commerce causa transformações no varejo

Os dispositivos móveis vem se tornando uma ferramenta cada vez mais comum para efetuar compras pela internet. O chamado mobile commerce tem tomado o espaço antes ocupado por computadores e notebooks, podendo até mesmo substituir uma parte significativa das compras no varejo tradicional.

Nos EUA, onde esta tendência é mais evidente, as vendas online por meio destes dispositivos devem chegar a US$ 2,12 bilhões em 2013, com potencial de atingir a marca de US$ 62,2 bilhões nos próximos três anos, segundo um relatório da eMarketer. No Brasil, as compras online via aparelhos portáteis dobraram em 2012. A representatividade do m-commerce no varejo online saltou de 5% para 10% no ano anterior, segundo informações da camara-e.net.

“O crescimento do mobile commerce reflete algumas mudanças de comportamento dos consumidores. Cabe aos lojistas entenderem o perfil desse novo público e se adaptarem para atendê-los adequadamente”, explica Pedro Eugenio, CEO do Busca Descontos – www.buscadescontos.com.br – portal que reúne cupons de descontos grátis dos principais varejistas do país.

Design e layout das páginas
A primeira dessas mudanças se diz respeito aos sites, que agora precisam ser mais flexíveis para atender também a demanda de usuários mobile. O usuário que acessa uma loja virtual por meio de um dispositivo móvel precisa de páginas leves, bem organizadas e segmentadas. Se ele se deparar com uma página com muitos produtos e imagens, isso tornará o acesso lento e pode fazer com que o consumidor desista de comprar ali.

Market Places
Outra tendência evidente entre os usuários mobile é o acesso aos chamados market places, que são os sites que reúnem produtos de diferentes lojas num mesmo lugar. Estes sites facilitam a busca de produtos e a comparação de preços, evitando a navegação de loja em loja. “Muitos desses serviços oferecem ótimos aplicativos, que tornam as compras mais fáceis”, afirma O CEO do Busca Descontos, que lançou no ano passado um aplicativo dedicado aos consumidores que acessam ao site por meio de dispositivos móveis.

Consumidores onipresentes
Uma pessoa com um celular no bolso pode comprar a qualquer hora e em qualquer lugar. Isso torna o consumidor online onipresente. Agora, os consumidores não estar necessariamente sentados a frente do computador para comprar pela internet. Eles podem fazer isso enquanto voltam do trabalho, no intervalo de um jogo de futebol, na praia e nas mais diversas situações.

O pagamento se torna mais fácil
O mobile commerce deve acelerar o desenvolvimento de soluções de pagamento. Nos dispositivos móveis, digitar o número de cartão de crédito e um endereço de entrega é um momento de desconforto para o consumidor. Uma vez que isso se torna mais fácil, mais compras serão realizadas. Muito em breve será comum o pagamento com um único toque.

Comparar preços se torna um hábito
Antes de realizar qualquer compra, os clientes querem ter a certeza de estar pagando o melhor preço possível. Com um celular na mão, comparar preços é uma tarefa simples, e que poderá ser decisiva para efetuar, ou deixar de fazer uma compra.
Comentários de produtos serão decisivos
Depois de comparar os preços, clientes móveis procuram por opiniões de usuários para concretizar a compra. Os comentários são decisivos. Mesmo se um produto estiver com um preço bom, uma experiência negativa por parte de um usuário pode convencer a outro consumidor de que não se trata de um bom negócio.

Marcado , , , .Adicionar aos favoritos o permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  • Translate to

    Arabic Arabic Chinese (Simplified) Chinese (Simplified) Dutch Dutch English English French French German German Italian Italian Portuguese Portuguese Russian Russian Spanish Spanish
  • Páginas