SOFTEX projeta mais de R$ 4 mi em negócios para empresas brasileiras na NRF Big Show

Pelo quarto ano consecutivo, o Brasil estará presente à National Retail Fair (NRF Big Show), que chega à sua 102ª edição consolidada como a maior feira de varejo das Américas. A mostra será realizada de 13 a 15 de janeiro em Nova Iorque.

A iniciativa de levar empresas brasileiras à feira é do programa de internacionalização competitiva de software e serviços de TI gerenciado pela SOFTEX (www.softex.br) em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos – Apex-Brasil ( www.apexbrasil.com.br). Reunindo quase 400 empresas, seu objetivo é promover novas oportunidades de negócios no mercado internacional e fortalecer a imagem de competência da indústria nacional, que é identificada no exterior pela marca Brasil IT+.

Sete empresas levarão para a mostra um amplo portfolio, que inclui desde soluções de ERP (Gestão Empresarial), WMS (Gerenciamento de Armazém), CRM (Gestão de Relacionamento com o Cliente), BI (Business Intelligence), POS (Ponto de Venda) e orçamento, até mobilidade. São elas: AGR, voltada à prestação de serviços de consultoria para o varejo; CISS, especializada em soluções de ERP para o varejo; Execplan, fornecedora de ferramentas de Business Intelligence (BI); PC Sistemas, líder em sistemas de gestão para o atacado distribuidor; STA Holding, desenvolvedora de soluções de automação para força de vendas; Casa Magalhães, especializada na oferta de soluções completas em automação para o varejo; e o consórcio de empresas de prestação de serviç os de TI Actminds.

Para Allan Pires, consultor da SOFTEX responsável pela organização da participação brasileira no evento, a NFR é um ponto de encontro não apenas para a apresentação das sofisticadas soluções desenvolvidas pelas nossas companhias a clientes finais, mas também para o mapeamento das demandas do mercado mundial e para a realização de parcerias com empresas internacionais interessadas em compor um ambiente de soluções complementares.

“Nossa participação constante em uma mostra com essa representatividade transformou o estande do Brasil IT+ em uma referência para os compradores. Recebemos muitas visitas de parceiros comerciais interessados em levar as soluções brasileiras para seus mercados e também de empresas com ofertas de produtos complementares em busca de associações. Projetamos um potencial de negócios da ordem de R$ 4 milhões para os próximos dois anos para as companhias participantes de nossa delegação”, explica Allan Pires.

Além da feira para exposição de produtos e tecnologias, a programação da NFR, que no ano passado recebeu mais de 25 mil visitantes, inclui ainda seminários, fóruns de debates e apresentação de casos de sucesso de empresas mundialmente conhecidas.

Marcado , , , , .Adicionar aos favoritos o permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.