Gastos de consumidores em dispositivos móveis triplicam em 2012

A Adyen (http://www.adyen.com/), empresa global de pagamentos, divulga dados coletados a partir de 12 meses de análise de pagamentos que mostram que, até o fim deste ano, mais de 10% de todas as transações processadas pela empresa são realizadas utilizando dispositivos móveis. Essas informações apontam para uma tendência contínua de crescimento dos pagamentos via mobile, em comparação com 3,7% dos pagamentos de 2011 sendo feitos desta forma.

Mensalmente, a Adyen analisa o número de pagamentos, retirados de uma amostragem de dez milhões de transações, para identificar quais foram originadas em dispositivos móveis em comparação com o número total de pagamentos processados. Os dados mostram que o iPad continua sendo o dispositivo mais utilizado para pagamentos, com 41% de todos os pagamentos realizados via mobile. O iPad é seguido de perto pelo iPhone, com 36% de share. Pagamentos feitos através de dispositivos Android ficaram com 21% e Blackberry registrou menos de 1% de todos os pagamentos via mobile.

A Adyen também mensurou a taxa de conversão de todos os pagamentos processados nos últimos 12 meses, calculando a porcentagem de pagamentos realizados com sucesso em comparação com o número total de transações iniciadas. Dispositivos da Apple novamente apresentaram os índices mais altos, com 56% de todos os pagamentos feitos por iPhone concluídos, seguido de perto pelo iPad, com 49%. Os smartphones Android apresentaram taxa de conversão de 42%, enquanto tablets com o mesmo sistema tiveram menos de 23% de conversão. Transações com Blackberry tiveram as taxas mais baixas, com apenas 6%.

“Nos últimos 12 meses, vimos o mercado de e-commerce começando a se estabilizar e, ao mesmo tempo, os tablets estão claramente se tornando mais populares para navegação e compras em dispositivos mobile”, analisa Roelant Prins, CCO da Adyen. “No entanto, percebemos novas tendências no horizonte que devem trazer novas abordagens aos pagamentos em dispositivos móveis. Por exemplo, com um número crescente de varejistas buscando fazer parte do e-commerce multicanal, veremos uma maior interação entre canais mobile e on-line, o que irá racionalizar e simplificar a experiência mobile para os compradores.”

No Brasil, os varejistas ainda esbarram em longas discussões sobre a regulamentação do mercado de pagamentos móveis. Em nota recente, o Banco Central ressaltou a importância de um modelo de pagamentos via mobile inovador e que aumente a conveniência e segurança para o consumidor na compra via celular. “Esta é exatamente a proposta da Adyen. Desenvolvemos uma solução que traz benefícios claros para os varejistas, por ser uma solução totalmente integrada e pronta para a operação multicanal, mas também torna o processo extremamente simples e seguro para o consumidor”, explica Jean Christian Mies, Diretor Geral da Adyen na América Latina.

Marcado , , , .Adicionar aos favoritos o permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.