Carreiras legais: Pesquisa do LinkedIn revela dados das profissões mais sonhadas pelos brasileiros na infância

O LinkedIn, a maior rede profissional do mundo, com mais de 187 milhões de usuários globalmente e mais de 10 milhões no Brasil, divulgou informações sobre as profissões dos sonhos mais populares na infância e o número dos profissionais no LinkedIn que tem essas profissões tão legais.

Como parte do seu estudo das “profissões dos sonhos”, o LinkedIn pesquisou mais de 8.000 profissionais globalmente para descobrir a aspiração de carreira mais comum que estas pessoas tinham na infância e quantos profissionais tem essas profissões atualmente.

A pesquisa descobriu que as principais profissões dos sonhos na infância para os homens no Brasil eram:
1. Engenheiro (15%)
2. Piloto de avião ou helicóptero (7,9%)
3. Professor (7,4%)
4. Cientista (6,6%)
5. Atleta profissional ou olímpico (5,1%)

As mulheres no Brasil diziam o sonho delas era ser:
1. Professora (15,6%)
2. Médica, enfermeira ou técnicas de enfermagem (6,2%)
3. Escritora, jornalista ou romancista (5,6%)
3. Veterinária (5,6%)
3. Advogada (5,6%)

Praticamente um em cada três usuários do LinkedIn pesquisados ao redor do mundo (30,3%) afirmaram que trabalham atualmente na profissão sonhada na infância ou seguem uma carreira relacionada. Os profissionais que disseram que não tem a profissão sonhada na infância foram mais propensos a citar “Conforme fui ficando mais velho, acabei me interessando por uma carreira diferente“, como a principal razão para trabalharem em uma área diferente (43,5%).

“Os trabalhos que aspiramos quando criança são a janela para nossas paixões e talentos”, diz Nicole Williams, expert de carreira do LinkedIn. “Identificar e entender essas paixões são a chave para melhorar nossa performance e aproveitamento no trabalho que fazemos atualmente, mesmo se não forem relacionados à carreira que sonhamos quando criança.”

Mais de 70% dos profissionais disseram que a característica mais importante da profissão dos sonhos é “ter prazer no seu trabalho.” Em segundo lugar está “ajudar os outros” (8%), seguido de “um bom salário”, com um pouco mais de 6% da escolha dos profissionais.

O LinkedIn também deu uma olhada no número de usuários da rede que tem carreiras bem legais. Por exemplo, existem atualmente mais de 49 mil usuários do LinkedIn no Brasil que são arquitetos, mais de 34 mil que são estilistas de moda e mais de 31 mil que são CEOs. Há também 15 arqueólogos, mais de 90 joalheiros e mais de 600 especialistas em Vinho/Cerveja no Brasil, que são membros do LinkedIn.

As dicas a seguir podem te ajudar a chegar mais perto da sua profissão dos sonhos:

• Siga seus sonhos seguindo seus empregadores dos sonhos no LinkedIn. Existem mais de 2,6 milhões de páginas de empresas no LinkedIn. Quando você começa a seguir uma empresa, você receberá atualizações quando pessoas se juntam ou deixam a empresa, quando a companhia posta novas vagas e outros insights interessantes.
• Tenha um bate papo profissional com líderes empresariais de alto nível em sua página inicial do LinkedIn. O LinkedIn adicionou recentemente a possibilidade de seguir líderes na rede. Você pode ler o conteúdo original escrito por grandes nomes, como: Richard Branson, Arianna Huffington e muitos mais.
• Adicione habilidades relevantes ao seu perfil através do LinkedIn Skills e participe dos grupos do LinkedIn que são relacionados ao seu trabalho dos sonhos. Mesmo que você não seja o atleta profissional que você sonhou um dia, suas habilidades de marketing combinadas com seu amor por esportes pode te levar a um cargo de marketing em um time profissional. Se você não tem essas habilidades ou esses grupos listados no seu perfil, você pode ficar de fora da Busca Avançada de Pessoas no LinkedIn relacionadas à estes termos.

Visite o blog do LinkedIn para saber mais sobre o estudo “Dream Jobs” e baixar o infográfico.

Marcado , , , .Adicionar aos favoritos o permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.