IBM lança novo mainframe com foco em Cloud e Analytics

A IBM anuncia hoje o mainframe zEnterprise EC12, a mais poderosa e tecnologicamente avançada versão do sistema IBM que, há 48 anos, vem sendo o centro nervoso da computação corporativa. O lançamento apresenta inovações que demonstram o compromisso contínuo da IBM em atender à crescente demanda pela segurança e gestão de informações críticas de empresas de todos os segmentos de mercado.

O IBM zEC12 é resultado de um investimento de mais de 1 bilhão de dólares em pesquisa e desenvolvimento da divisão de sistemas e tecnologia da IBM. Iniciado em Poughkeepsie, New York, o projeto teve seu desenho elaborado pelo laboratório de NYC em conjunto com outros 17 centros de pesquisa da IBM em todo o mundo, além da colaboração de alguns dos principais clientes da IBM.

O novo mainframe é um dos sistemas mais seguros do mercado, com características incorporadas para cumprir requisitos de segurança e conformidade de diferentes setores. Com 25% a mais de desempenho por núcleo e 50% a mais de capacidade total de sistema (1) – consumindo a mesma quantidade de energia que seu antecessor –, o zEC12 pode ser utilizado para uma grande variedade de workloads, incluindo o ambiente de nuvem híbrida.

Além disso, o equipamento oferece suporte para análises operacionais que auxiliam as empresas a filtrarem de forma eficiente grandes volumes de dados e a transformá-los em informações valiosas que podem trazer vantagem competitiva. Por exemplo, um varejista que esteja gerenciando transações online no zEC12 poderá obter informações dos clientes e oferecer-lhes uma experiência de compra mais personalizada.

Segundo Paulo Castanheira, Diretor de System z® para a América Latina, mainframes são uma tecnologia-chave no Brasil e no mundo principalmente para corporações que lidam com um expressivo crescimento de dados e procuram novas maneiras de obter insights a partir de informações críticas, como dados financeiros, de clientes ou de recursos corporativos. “Continuamos reinventando o mainframe com o objetivo de torná-lo acessível a um número cada vez maior de clientes, principalmente nos mercados em crescimento, permitindo que eles possam usar a tecnologia de acordo com as atuais demandas de seus negócios, sejam elas de análise de dados, cloud ou de computação móvel”, comenta.

Desenvolvido para nuvem e para a análise de dados

O segundo trimestre de 2012 mostrou um crescimento de dois dígitos em relação ao mesmo período do ano passado na adoção da computação em nuvem na plataforma IBM System z®. Os recursos de virtualização do zEC12 o tornam adequado para suportar ambientes privados de nuvem. Os clientes podem consolidar milhares de sistemas distribuídos no Linux dentro do ambiente, diminuindo os custos operacionais de TI associados ao consumo de energia, espaço físico e licenciamento de software. O zEC12 pode abranger a capacidade de um centro de dados multiplataforma inteiro em um único sistema.

O novo mainframe também conta com uma melhor performance no que diz respeito à análise de dados, com 30% a mais de produtividade para cargas de trabalho analíticas do que o seu antecessor. Traz também recursos de análise de sistemas de TI com base em tecnologias desenvolvidas pelo Laboratório da IBM, e analisa mensagens internas para oferecer uma visão quase em tempo real do estado do sistema, incluindo quaisquer problemas potenciais. Chamada IBM zAware, a tecnologia parte do entendimento das informações que identificam comportamentos incomuns e reconhece padrões, conseguindo apontar rapidamente qualquer intercorrência e minimizar eventuais impactos. O IBM STG Lab Services oferecerá serviços para auxiliar no planejamento, configuração e implementação do IBM zAware.

Marcado , , , .Adicionar aos favoritos o permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.