Governo do Paraná perdoa R$ 52 milhões em dívidas de 16 mil empresas

Entrou em vigor nesta quarta-feira (09/05) a lei n° 17.082/12 que cancela a cobrança de creditos tributários referentes ao Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) de 16 mil contribuintes, cujo saldo em 31 de dezembro de 2010, era igual ou inferior a R$ 10 mil. A medida perdoa R$ 52 milhões em dívidas com o fisco.

Para o secretário da Fazenda, Luiz Carlos Hauly, a medida faz parte da política de modernização da máquina administrativa determinada pelo governador Beto Richa. Ele enfatizou que ela “faz parte de um programa maior, que estabelece o parcelamento de dívidas em até 120 meses, a remissão dos débitos devidos à Receita por microempresas e o pagamento de precatórios de até R$ 70 mil”.

O perdão atinge 35 mil Créditos de Dívida Ativa (CDAs) de microempresas, inscritas ou não em dívida ativa. Segundo Hauly, o valor corresponde a 0,3% da dívida ativa do estado, que tem 165 mil execuções.

ÚLTIMO PARCELAMENTO – Hauly anunciou também que já está aberto o prazo para os parcelamentos das dívidas em até 120 meses. O credenciamento deve ser feito site da Receita Estadual (www.fazenda.pr.gov.br).

Governador Beto Richa com secretário da fazenda Luiz Carlos Hauly

Marcado .Adicionar aos favoritos o permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.