Incubadora Tecnológica obtém recursos do Sebrae para aplicação de modelo de gestão Cerne

A Incubadora Tecnológica de Curitiba, do Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar), terá recursos da ordem de R$ 300 mil para aumentar seu nível de excelência em gestão e auxiliar outras incubadoras a iniciar o trabalho de sistematização de procedimentos e busca da excelência.

A Intec foi uma das contempladas no Paraná em um edital lançado pela Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores em conjunto com o Serviço Nacional de Apoio às Micro e Pequenas Empresas.

O edital tem o objetivo de estimular incubadoras de todo o país a adotar o modelo de gestão do Centro de Referência para Apoio a Novos Empreendimentos. O modelo Cerne é uma espécie de guia de boas práticas para incubadoras e tem quatro níveis de excelência.

A proposta do edital é que as incubadoras mais adiantadas no processo de adoção do modelo Cerne, chamadas de nucleadoras (como é o caso da Intec), possam adequar seus processos até atingir o nível mais elevado e, ao mesmo tempo, auxiliem outras incubadoras, chamadas de nucleadas, a iniciar o trabalho.

De acordo com o assessor técnico da Intec, Douglas Brunetta, a incubadora do Tecpar faz a maioria de seus procedimentos de acordo com os estágios mais avançados do modelo Cerne, sendo necessários alguns ajustes. Segundo ele, no caso da Intec, parte dos recursos será investida na implantação de um software para sistematizar todos os processos internos da incubadora e também para capacitar a equipe. “Por meio de consultorias e cursos, vamos melhorar a assessoria aos incubados, contribuindo para que eles cresçam de forma consistente e desenvolvam seu propósito, que é a inovação tecnológica”, disse Brunetta, destacando que a estimativa é de que a Intec se encontre entre os níveis de excelência dois e quatro.

Entre os critérios de excelência em gestão do modelo Cerne incorporados à rotina da Intec estão a governança corporativa e workshops de atualização permanente, além de padrões de monitoramento da gestão das empresas incubadas.

A Intec concorreu no edital em conjunto com as incubadoras da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) de Curitiba e de Ponta Grossa e do Serviço Nacional de Apoio à Indústria (Senai/Fiep) de Curitiba, que são as nucleadas. Para as incubadoras nucleadas, o edital prevê R$ 150 mil.

Fonte: Governo do Paraná

Adicionar aos favoritos o permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.