Empresários e trabalhadores se unem contra a desindustrialização

via Agência Fiep

Entidades empresariais e centrais sindicais de trabalhadores paranaenses promovem no próximo dia 3 de abril uma grande mobilização para alertar a sociedade sobre o processo de desindustrialização vivido pelo país. Na capital, a manifestação do Grito de Alerta em Defesa da Produção e do Emprego acontece na Cidade Industrial de Curitiba (CIC). Os trabalhadores paralisam as atividades das 14 às 17 horas e se concentram no Contorno Sul, na Avenida Juscelino Kubitschek, nas proximidades das empresas Bosch, CNH e Kraft Foods. Haverá paralisações e mobilizações de trabalhadores também em várias cidades do interior do Paraná, sempre com a anuência e participação dos empresários.
O Grito de Alerta em Defesa da Produção e do Emprego é um movimento nacional que coloca lado a lado empresários e trabalhadores com o objetivo de pressionar o governo por medidas que garantam a competitividade da indústria nacional e a geração de empregos de qualidade no país.
“Queremos chamar a atenção das autoridades para um problema grave que já está acontecendo no Brasil que é a perda da competitividade da indústria nacional e o desemprego”, alerta Edson Campagnolo, presidente da Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), uma das entidades que está articulando o movimento. Campagnolo defende a intervenção imediata do governo com ações efetivas que preservem a produção nacional e garantam a geração de empregos para a atual e as futuras gerações.
Mais informações sobre o Grito de Alerta: www.gritodealerta.com.br

Marcado , , , , .Adicionar aos favoritos o permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.