Banco Inter reduz burocracia na contratação de crédito consignado com tecnologia da DocuSign

WhatsAppFacebookLinkedInTwitterGoogle+EmailCompartilhar

O Banco Inter, única instituição financeira a oferecer conta corrente totalmente gratuita e uma das pioneiras na modalidade digital no Brasil, adotou a solução de assinatura eletrônica que reduz de 14 para oito dias o processo de contratação de crédito consignado pelos canais próprios do banco. A iniciativa ainda fez com que a instituição diminuísse de 18% para 8% a taxa de desistência de clientes para a contratação deste tipo de produto. Isso aconteceu devido a implementação de tecnologia baseada em transações eletrônicas da DocuSign, líder global em assinatura eletrônica e em Digital Transaction Management (DTM).

“Somos um dos principais players da categoria Banco Digital em estágio avançado de digitalização da maior parte de nossos processos internos. Entretanto, buscávamos iniciativas inovadoras que proporcionassem ainda mais eficiência nas transações de crédito consignado e, ao mesmo tempo, que fossem capazes de oferecer uma excelente experiência aos nossos clientes”, afirma Daniele Nápoles, gerente de Controle de Operações do Banco Inter. “A redução da formalização nessas operações, como envio e retirada de documentos via correio ou motoboy, era um desafio e foi superado com a implementação da tecnologia DocuSign, que permitiu simplificar o processo e reduzir drasticamente o tempo gasto, custos de impressão e de logística”, complementa Daniele.

Embora o Banco Inter seja uma empresa digital e esteja entre os bancos pioneiros no Brasil na implementação de uma plataforma digital para seus clientes, a instituição financeira necessitava de uma solução capaz de aprimorar os processos por trás do negócio de crédito consignado, com impacto positivo na relação com os potenciais clientes.

“Após a adoção à solução DocuSign, tivemos um retorno de investimento bastante expressivo, que representou o aumento de receita na área de crédito consignado, redução do custo médio de logística em até 75% por operação, além de diminuir drasticamente erros operacionais e o prazo para disponibilização do recurso financeiro para o cliente”, finaliza Daniele.

Além disso, a tecnologia adotada deveria estar em conformidade com a Lei 10.820, do Código Civil, que rege a contratação para esse tipo de transação no Brasil, entre outros decretos, como a Medida Provisória nº 2200-2 de 24 de agosto de 2011, que institui a Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira (ICP-Brasil). E a DocuSign atendeu a todos os requisitos.

De acordo com o vice-presidente de Operações Latam da DocuSign, Marco Américo D. Antonio, a verdadeira transformação digital nas empresas deve estar relacionada à necessidade de incorporar tecnologias que façam a diferença no negócio, tornando-o mais competitivo e eficiente. A adoção de uma solução como a assinatura eletrônica permite às empresas reduzir custos, desburocratizar processos, mudar as relações de formalização de contratos, além de melhorar a experiência para toda a cadeia envolvida, entre outros benefícios.

1615 Total Views 1 Views Today
Marcado , , , , .Adicionar aos favoritos o permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • CONHEÇA O CANAL DE VÍDEOS DO VALOR AGREGADO

    CONHEÇA O CANAL DE VÍDEOS DO VALOR AGREGADO
  • Receba nossas notícias