Diminuiu em 24% o investimento global em fintechs em 2017, aponta KPMG

WhatsAppFacebookLinkedInTwitterGoogle+EmailCompartilhar

De acordo com a pesquisa “The Pulse of Fintech”, realizada pela KPMG, o investimento global em fintechs recuou nos primeiros três meses deste ano, passando de U$ 4,2 bilhões para U$ 3,2 bilhões. A redução foi de 24% se comparada com o último trimestre de 2016. Nesse cenário, o financiamento de fintechs nos países das Américas teve início lento, com US$ 1,8 bilhão investidos, bem abaixo do ritmo de investimento do ano passado, quando foram registrados U$ 14,9 bilhões em investimentos.

Ainda segundo o levantamento, apesar da redução, o Brasil continua sendo promissor para o crescimento das empresas de tecnologia. “Devido ao alto investimento na cadeia de valor dos serviços financeiros, o país destaca-se em relação aos outros das Américas. O estudo indicou também que as a fintechs vem ganhando mais espaço nos radares dos investidores. Outro fato importante é o valor do investimento, sendo que aqui é bem mais vantajoso para as empresas do que os Estados Unidos, por exemplo”, compara o sócio da KPMG no Brasil, Oliver Cunningham.

O estudo também aponta que o investimento global em regtechs, empresas de tecnologia focadas nas exigências regulatórias e compliance, está em alta com U$ 219 milhões investidos em 26 negociações em todo o mundo. Já as startups voltadas para seguros permaneceram estáveis em relação ao ano anterior, com U$ 243 milhões em 46 transações.

Para ter acesso completo ao estudo, clique no link:
https://assets.kpmg.com/content/dam/kpmg/xx/pdf/2017/04/pulse-of-fintech-q1.pdf

269 Total Views 1 Views Today
Marcado , , , , , , , , , , .Adicionar aos favoritos o permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • CONHEÇA O CANAL DE VÍDEOS DO VALOR AGREGADO

    CONHEÇA O CANAL DE VÍDEOS DO VALOR AGREGADO
  • Receba nossas notícias