• Translate to

    Arabic Arabic Chinese (Simplified) Chinese (Simplified) Dutch Dutch English English French French German German Italian Italian Portuguese Portuguese Russian Russian Spanish Spanish

Teradata disponibiliza seu banco de dados no Microsoft Azure e aumenta opções de nuvem hibrida no mercado

WhatsAppFacebookLinkedInTwitterGoogle+EmailCompartilhar

A Teradata (NYSE: TDC), empresa líder em soluções analíticas, anunciou o lançamento do Teradata Database no Azure para o primeiro trimestre de 2017, ampliando a oferta aos usuários de big data disponibilizando mais opções de tipos de nuvem que suportam o software Teradata. Hoje muitas empresas enxergam na nuvem uma maneira rápida e flexível para obter valor a partir dos dados, atendendo as suas necessidades comerciais, técnicas e financeiras. Ao combinar o software de data warehouse da Teradata com a agilidade e elasticidade dos serviços de nuvem do Azure os usuários podem se concentrar em gerar valor de negócio sem se preocupar com a administração e manutenção de uma infraestrutura física local.

De acordo com uma recente pesquisa realizada pela Teradata, mais de 90% dos seus clientes irão empregar um ambiente híbrido até 2020, usando recursos locais e de nuvem em seu ecossistema analítico. A mesma pesquisa indicou que 85% dos clientes da Teradata querem consumir pelo menos parte de suas análises em um ambiente de SaaS (software como serviço). Como as empresas buscam cada vez mais a nuvem para criar vantagens competitivas, elas precisam de maior agilidade sem deixar de lado compromissos assumidos e timing de projetos. Esses requisitos são atendidos nas Soluções de Nuvem Híbrida da Teradata, que fornecem flexibilidade na implantação do sistema, aumentando a capacidade de resposta, com níveis de segurança elevados que garantem a privacidade dos dados e a conformidade legal. As soluções de nuvem hibrida da Teradata permitem a otimização de cargas de trabalho em todos os modos de implantação, além facilitar a gestão de ambientes múltiplos e garantir um menor risco de operação por meio da reutilização de ferramentas, capacidades e dispositivos pré-existentes.

“Os melhores players de nuvem híbrida do mercado irão oferecer suporte amplo e multi-plataforma, o que irá possibilitar as empresas usarem o ambiente de nuvem de acordo com suas necessidades reais, independentemente do tamanho ou frequência de uso necessário.”, disse Doug Henschen, vice-presidente e principal analista da Constellation Research. “Atualmente as organizações que optam pela implantação de sistemas em nuvens híbridas estão resolvendo seus problemas de uma forma geral, ganhando flexibilidade e tendo benefícios esperados no planejamento além de alguns outros ganhos que talvez não eram esperados no começo do projeto”. No atual cenário, essas empresas que contam com a implantação hibrida consideram esse sistema muito importante para suas estratégias de armazenamento de dados, estudando casos de uso adicionais incluindo exploração e análise preditiva de dados na nuvem.

“A Teradata acredita que os clientes merecem um bom desempenho e escalabilidade de dados, independentemente da escolha na forma de implantação. Expandir nossas opções de sistema em nuvem para um dos principais provedores de nuvem pública, o Microsoft Azure, nos permite oferecer uma flexibilidade de implantação inédita, possibilitando a oferta de um software completo da Teradata em todas as plataformas “, disse Chris Twogood, vice-presidente de Marketing de Produtos e Soluções da Teradata. “No entanto, é crucial que o software de orquestração de dados assegure que, cargas de trabalho, consultas e usuários possam estar espalhados por um ecossistema heterogêneo ainda assim trabalhando em conjunto como um todo unificado. As Soluções de Nuvem Híbrida da Teradata fornecem todas essas opções. ”

O Teradata Database no Azure irá oferecer autoatendimento, provisionamento em menos de uma hora, serviços “pague conforme o uso” e integração com uma ampla variedade de ferramentas de software Azure e Teradata. Muitas destas ferramentas ajudam a reduzir o tempo necessário para disponibilização do ambiente, aumentar a eficiência e reduzir os riscos de uso, como a rápida e fácil aquisição de novas provas de conceito e assinaturas por hora, por exemplo. Entre os recursos de desempenho estão a confiabilidade e conveniência de um sistema MPP (Processamento Paralelo Massivo) multi-nó que tem escalabilidade de sistema de 1 até 32 nós com recuperação automática de falhas, o que garante estabilidade no poder de processamento. Além disso, está disponível o serviço de backup (e consulta de dados) através do Azure Blob Storage, com fácil integração entre os softwares.

“Nesse mundo orientado pelos dados, o interesse nas análises está em um patamar histórico”, disse Steven Guggenheimer, vice-presidente corporativo e evangelista-chefe da Microsoft. “Os clientes do Microsoft Azure reconhecem o valor que derivam dos dados e estão sempre procurando novas soluções analíticas, como o Teradata Database, que permite inovação constante ao mesmo tempo que otimiza a utilização de recursos e simplifica a supervisão de gerenciamento”.

Na edição deste ano da National Retail Federation (NRF) em Nova York, a Teradata oferecerá demonstrações sobre como os varejistas podem começar a usar esse tipo de tecnologia a favor dos negócios.

O Teradata Database no Azure estará disponível no Azure Marketplacce. Os clientes que já estão familiarizados com o software Teradata e Azure podem fazer a instalação e iniciar o uso em cerca de uma hora. Já os usuários que que ainda não estão familiarizados com a nuvem e ainda não sabem como aproveitar todo o potencial dessa tecnologia para obter resultados positivos de negócios podem utilizar os Serviços Gerenciados e de Consultoria da Teradata, obtendo assim assistência na criação e implantação do software Teradata no Azure.

O Teradata Database no Azure, assim como os Serviços Gerenciados e de Consultoria para Azure estarão disponíveis globalmente no primeiro trimestre de 2017, exceto nos Estados Unidos Gov Iowa, US Gov Virginia e China. O Teradata Aster Analytics no Azure deverá estar disponível no segundo trimestre de 2017.

898 Total Views 1 Views Today
Marcado , , , , , , .Adicionar aos favoritos o permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • CONHEÇA O CANAL DE VÍDEOS DO VALOR AGREGADO

    CONHEÇA O CANAL DE VÍDEOS DO VALOR AGREGADO
  • Receba nossas notícias