Coaching para TI: ferramenta ideal para melhorar desempenho de empresas

FacebookTwitterGoogle+LinkedInCompartilhar

A área de Tecnologia da Informação tem foco em solução e o coaching também. É um casamento perfeito. Quem afirma é a Master e Team Coach Renata Frank, diretora da Integralidade Desenvolvimento Humano e Corporativo.

Com 23 anos de experiência em TI, dez anos na área de qualidade de software, a Integralidade apresenta ao mercado uma metodologia de team coaching com o ambiente de TI. “É o que chamo de transformação integral”, afirma Renata. “Com essa bagagem, consigo, hoje, casar as metodologias de gestão mais atuais do mercado de TI, sejam tradicionais ou ágeis, combinando com a metodologia de aplicação de team coaching ou coaching em grupo nas empresas. É possível entender a expectativa da empresa no trabalho com uma equipe de alto desempenho, ter mais qualidade nas entregas de software ou no desenvolvimento de produtos”, explica.

“No mercado de TI, já é uma tendência trabalhar com todas as áreas dentro das empresas: mapear as competências de cada um, saber quem tem melhor comunicação, quem está mais adequando para trabalhar com determinado tipo de cliente, acompanhar um resultado que possa impactar e agregar valor. Hoje, o processo de coaching com um time, acelera , no mínimo, em sete vezes o alcance de metas. Trabalha-se comunicação acertiva em uma equipe, trabalho em conjunto, foco em uma meta única, com todos olhando para um mesmo resultado”, completa Renata Frank.

O processo é acompanhado de acordo com um diagnóstico feito na empresa para o alcance de um determinado resultado. É feita uma avaliação de quais são os valores, as competências necessárias para os profissionais que vão participar desse processo. A partir do diagnóstico do time todo, é montado um processo de capacitação. Se uma empresa precisa melhorar sua liderança, deixar mais coesa, mais participativa, colaborativa, são passadas ferramentas, recursos para o time ter mais conhecimento sobre liderança. Depois, vem a fase do team coaching, de social learning, para acompanhar como está sendo aplicado o conhecimento no dia a diaem busca do resultado esperado pela empresa. Há também o aprendizado por experiência: como está o trabalho, qual resultado está sendo obtido. “Há indicadores para os resultados, não é somente observação”, acrescenta Renata. “E tem as lições aprendidas. O que é importante nesse processo é acelerar resultados, impactar a empresa e os clientes de forma positiva, levando valor para o time, sem que o conhecimento se perca com a saída de um funcionário, como acontece em muitos casos após simples treinamentos. Cria-se uma cultura”, destaca Renata Frank.

A master coach também orienta sobre a contratação desse tipo de serviço. “Para procurar um bom coach, é importante ver a experiência que ele tem, a base de formação dele, metodologia de trabalho. O coach não precisa saber de tudo sobre a empresa em que vai atuar, mas deve saber trabalhar a mudança das suas crenças, provocar a fazer diferente. Não é pensar fora da caixa, é não existir mais caixa. É um processo de desenvolvimento de pessoas, busca de resultados com foco em solução: como você está hoje, onde você quer estar e o caminho para chegar lá porque o que te trouxe até aqui não te leva para o futuro”, explica Renata Frank.

967 Total Views 3 Views Today
Marcado , , , , , , , , , , , .Adicionar aos favoritos o permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

  • CONHEÇA O CANAL DE VÍDEOS DO VALOR AGREGADO

    CONHEÇA O CANAL DE VÍDEOS DO VALOR AGREGADO
  • Receba nossas notícias